08/09/2015

CÉCIL


"O maior felino do Zimbábue é agora um troféu de caça. Cécil, o felino mais fotografado e acarinhado da reserva zimbabuense de Hwange, foi morto por um caçador furtivo, no início de julho.
O leão foi encontrado morto na reserva sem cabeça nem pele, típico comportamento dos caçadores furtivos. A pele e a cabeça destes animais são muito valorizados no mercado. As autoridades calculam que alguém pagou 50.000 euros ao caçador para abater Cécil, cujo porte e beleza eram apreciadas por turistas de todo o mundo. Dispararam pela noite com um arco e flechas para não fazer ruído e esteve a noite inteira a sangrar até ser abatido pela manhã. Consideramos que Cécil foi alvo de caça furtiva”, disse ao jornal espanhol El Correo Luis e CJ Muñoz, colaboradores de várias ONG sulafricanas e espanholas que protegem felinos. Segundo o jornal espanhol El Confidencial, ainda não identificaram o caçador, mas já foi confirmado que se trata de um cidadão espanhol.
Até agora a investigação determinou que o animal foi persuadido a sair da reserva através de uma presa morta que foi usada para atrair o leão. Estes dados foram recolhidos devido a um GPS que a Universidade de Oxford colocara em Cécil para conhecer seus hábitos.Aos 13 anos, Cécil já se havia convertido no maior felino da região do Zimbábue. Dotado de uma beleza (e juba) imponente, Cécil já tinha conquistado três leoas da manada e era pai de 7 leõezinhos.As 7 crias deverão aliás ser sacrificadas, se se confirmar o comportamento típico dos leões em manada. O novo macho alfa terá que matar os filhos de Cécil para que as fêmeas estejam dispostas a procriar de novo.
Um final triste para um leão que, sem dúvida, se tornou num autêntico rei da reserva de Hwange.”




6 comentários:

Jaime Portela disse...

Vi a notícia na altura em que esta malvadez aconteceu.
Mas desconheço se já conseguiram saber quem foi.
Tenha um ótimo fim de semana.
Abraço poético.

O Profeta disse...

No embalo da tua fina pena


Às vezes é preciso acordar o silêncio da memória
Ou esperar pelo adormecimento inadiável
Com o gesto sereno e demorado da ternura
Com o acordar do amor rompendo o improvável

Passei para te desejar um radioso fim de semana

Doce beijo

O Profeta disse...

Oiçam este poeta de tostão
Que já prometeu e pediu uma mão
Oiçam a palavra salgada de saliva
Não tenho muito lugar, em ti, paixão


Passei para te desejar uma radiosa semana

Doce beijo

O Profeta disse...

É tudo tão breve
Habitamos as pedras
Inventamos sonhos
Vislumbramos quimeras

Mas, falemos dos suspiros dos pássaros
Falemos de ti
Nas irreprimíveis asas dos anjos
Na noite primeira dos mil encantos



Um radioso fim de semana



Doce beijo

ॐ Shirley ॐ disse...

É muito triste, é lamentável...
Mas, a Justiça Divina não falha.
Amiga, FELIZ NATAL!

ॐ Shirley ॐ disse...

Da Lei da Ação e Reação, ninguém foge. Percebe?
Beijos, amiga!